terça-feira, dezembro 7Conteúdo Relevante pra Você

Litoral Sul, Paraíba

 

Falar do litoral sul da Paraíba, especificamente o município de Conde, nosso destino, é ao mesmo tempo muito fácil e muito difícil, como falar e como não falar das lindas praias, mirantes e natureza preservadas, exemplos de sustentabilidade, gastronomia que agrada todos os gostos, pousadas e hotéis belíssimos, como descrever o indescritível tudo isso ao lado da capital João Pessoa, vamos hoje começar uma viagem por todo o litoral da Paraíba que vai além dessa edição, o que me obriga a voltar nesse estado que quando estive lá meu único desejo era de ficar.

Vamos começar pela belíssima Pousada das Conchas na praia de Tabatinga, a beira mar com um visual único, cheguei já era noite, fui recebido com um vento forte e quente, á frente o mar e alguns coqueiros, para me lembrar de que estou no nordeste, alguns sofás tipo chaise redondos muito confortáveis ideal para 2 pessoas curtir aquele cenário, nem lembrei que meu chalé estava a 3 ou 4 metros dali, foram algumas horas torcendo para que o relógio parasse, mas como bem disse Cazuza, o tempo não pára, então vamos adiante.

Pela manhã uma caminhada pela praia de Tabatinga, praia preservada com uma associação de moradores atuante, zelando pelo espaço, fomos até as falésias que faz divisa com a praia de Coqueirinho onde tive a oportunidade de conhecer uma praça de alimentação em plena praia, o “Projeto Turístico do Coqueirinho” que faz parte do projeto Orla do governo federal, Empreender Paraíba e Banco Mundial, com uma verba de 490 mil construiu nove quiosques e mais de 252 lugares em plena praia, um exemplo de sustentabilidade e bom gosto, tive a honra de almoçar no quiosque de Manoel Marcone, presidente da associação, quero destacar o caldo de caranguejo, entre tantas delícias, a princípio estranhei um caldo quente em plena praia, mas depois vi combina com o ambiente, uma delicia que todos tem que provar, mas segundo Marconi, como o dele não tem, sua receita vem evoluindo, eu acredito.

A tarde uma visita a mundialmente conhecida praia de Tambaba, primeira praia brasileira a permitir o naturismo por lei municipal, a praia é dividida em duas partes, a primeira onde o nudismo é opcional e a segunda parte exclusiva para os adeptos do naturismo, Tambaba possui piscinas naturais por sua formação rochosa, um belo coqueiro em uma rocha dentro do mar da às boas vindas aos visitantes, Tambaba e seu entorno é visita obrigatória no litoral sul, uma comunidade próxima a praia podemos encontrar doces e lembranças feitas por moradores locais. Ainda no fim de tarde uma visita ao Mussulo Resort, um moderno resort em harmonia com a  natureza, para finalizar o dia com chave de ouro um jantar na Creperia das  Meninas, escolhi um prato vencedor do segundo festival gastronômico Costa do Conde e seus sabores, o Encanto da Índia, com camarão flambado na cachaça de canela, abacaxi ao molho de Curry, Ana Maria Braga tai uma boa sugestão para seu programa, uma explosão de sabores que infelizmente não tem serviço de delivery dela para Ribeirão Preto, minha cidade, resta então voltar a costa do Conde.

Voltando a Coqueirinho, para almoçar no dia seguinte antes do retorno a João Pessoa fui surpreendido, achando que se tratava de um almoço para fechar agenda fomos ao restaurante Tropicália, recepcionado por Aristóteles Pessoa de Carvalho, ou simplesmente “Tote” como é conhecido, um advogado que largou a estressante vida de fórum e processos para se tornar um empresário, guia de turismo, ambientalista, que nos convidou para um passeio para conhecer os mirantes da região, passando por trilhas íngremes, que só é possível passar com uma caminhonete 4×4 e com muito conhecimento do local Tote nos apresentou as falésias, mirantes, alguns de tirar o fôlego, paisagens cuidadosamente esculpidas pelo tempo que na verdade parece projeto de um arquitetônico realizado pela natureza por sua harmonia e beleza faz desse lugar um dos mais belos do litoral brasileiro.

O turismo tem que andar juntamente com o meio ambiente, de braços dados, buscando sempre a sustentabilidade para as comunidades que ali vivem e vai progredir com o turismo e sempre com a mentalidade que vivemos em prol da natureza e não ao inverso. TOTE

 

Plusber | Receita de Turismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *