terça-feira, dezembro 7Conteúdo Relevante pra Você

Como os quadros podem ser utilizados como bons ítens de decoração

Reprodução Web

Na parede, ou no piso, os quadros podem ser ítens decorativos contemporâneos de total coerência para os seus ambientes.

Muita gente quando vai decorar um ambiente imagina as paredes dos cômodos como roupas, sendo assim os quadros seriam os acessórios, ou adornos destes cômodos, pensando assim imagina que eles poderiam representar então belos colares e brincos, que inclusive são ítens que revigoram a beleza feminina.

Da mesma forma, os quadros dão vida a decoração de ambientes, por isso devem ser considerados e levados muito a sério, sejam fotografias ou expressões, os quadros garantem mais aconchego para o ambiente e propõem uma base para o ato de contar a história dos habitantes de determinado local.

“A questão de expor é algo cultural que vem de anos. Além de ser uma maneira de preservar a obra, você dá personalidade para a casa. Por isso ela tem de fazer parte da sua história e ter algum sentido para você e para sua família”, explica a arquiteta Ticiane Lima.

Mas, vale ressaltar que não é só sair pendurando quadros por todo o ambiente, isso pode prejudicar  muito a compreensão visual e poluir muito a visão, o ideal é desenvolver um plano rápido para a sua decoração com estes acessórios incríveis, para isso considere os seguintes pontos:

Local: Defina bem o local onde deseja posicionar seus quadros, locais com grande fluxo e concentração de pessoas são mais indicados, são neles que as obras terão maior índice de visualização e apreciação, comummente os quadros são posicionados em regiões de corretores e escadas, mas nada impede que eles sejam utilizados em espaços como cozinhas e lavabos, desde que carreguem conteúdos que remetam a temáticas menos contrastantes.

Altura: Analisar com cuidado a altura também é uma dica a considerar com atenção, avalie o pé direito do espaço onde você pretende posicionar o quadro, uma referência casual de altura é 1,70m a 1,60m do piso, se este for amparado por um móvel, é recomendável manter uma distância de 40cm entre os objetos.

Moldura: A moldura ajuda a reforçar a mensagem da obra, o conteúdo expresso do quadro preicisa estar alinhado ao design da moldura escolhida, não faz sentido usar uma moldura com ornamentos reais para uma obra de tons futurísticos, entende?! Neste sentido o critério básico é harmonização entre conteúdo e exposição.

Composição: As chamadas Gallery Walls, podem ser uma boa tendência de uso, uma composição de quadros que se co-relacionam reforçam a percepção de planejamento da decoração, uma vez que se bem posicionadas, dão movimento e captam a atenção dos seus visitantes.

Quadros em tamanhos diferentes que formam uma mesma imagem por exemplo são uma boa referência de composição que da muito certo neste sentido, mas neste ponto as possibilidades são muitas, letras, formas, cores, texturas, expressões, deixe sua criatividade conduzir este processo, use um pouco do abstraccionismo mas sem exageros.

Como pendurar: Para pendurar de forma simples use prego ou parafuso com bucha, mas por favor, evite paredes por onde você tenha instalações elétricas e/ou hidráulicas, você não vai querer danificar sua parede ou correr algum risco cumprindo a missão de embelezar seu ambiente vai?!

Um fator que contribui muito para uma boa fixação é o peso do quadro, geralmente associado a moldura que você pretende utilizar, este ponto está relacionado a tamanho e material do seu quadro.

Por fim, não deixe de utilizar quadros na sua decoração, mas lembre – se que o princípio mais básico é diferenciar sem ser extravagante, não faça da sua casa um grande mosaico de cores e elementos, mas também use um pouco da criatividade e livre – se das paredes simplesmente chapas com cores uniforme, quadros são ótimas opções para renovar a percepção dos seus ambientes.

Plusber | Casa e Decoração

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *