sábado, abril 20Conteúdo Relevante pra Você

Tag: Ministerio da Saúde

Ministério da Saúde orienta dose de reforço em idosos acima de 60 anos

Ministério da Saúde orienta dose de reforço em idosos acima de 60 anos

Não deixe de Ver, Saúde
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou hoje (28), em vídeo publicado nas redes sociais, que o governo vai iniciar a aplicação de dose de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com mais de 60 anos de idade. De acordo com Queiroga, são cerca de 7 milhões de brasileiros nessa faixa etária. “É possível hoje, no final do mês de setembro, já ofertar para os idosos brasileiros uma dose de reforço da vacina. Além dos idosos com mais de 70 anos e dos profissionais de saúde que já foram anunciados como contemplados com o reforço, agora o Ministério da Saúde vai atender aqueles com mais de 60 anos”, disse. A aplicação do reforço é para as pessoas que tomaram a segunda dose há mais de seis meses, independentemente do imunizante usado no primeiro ciclo de imunização. Até ...
Saúde e Educação elaboram protocolo de retorno seguro às aulas

Saúde e Educação elaboram protocolo de retorno seguro às aulas

Educação, Não deixe de Ver, Urgente
Os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Educação, Milton Ribeiro, defenderam na última sexta feira (8) o retorno dos estudantes às salas de aula. Os dois anunciaram a preparação de um protocolo de retorno e fizeram, de forma conjunta, um “apelo” a gestores municipais e estaduais para que comecem de imediato a preparação para essa retomada. Segundo o ministro da Saúde, 80% dos professores do ensino básico já receberam a primeira dose da vacina, o que possibilitaria, a partir de agosto, um retorno seguro às aulas. “Temos apoio da Unicef, da Unesco, da OMS e da OCDE [para isso]. Há absoluto consenso de que vacinação não é pré-requisito para o retorno às aulas. Vamos, portanto, criar um protocolo conjunto que será estabelecido por portaria interministerial, estabelecendo as re...
MPF propõe ação por improbidade administrativa contra Eduardo Pazuello

MPF propõe ação por improbidade administrativa contra Eduardo Pazuello

Não deixe de Ver, Política, Urgente
Uma ação do MPF - Ministério Público Federal, foi enviada à justiça federal, contra o ex - ministro da saúde Eduardo Pazuello, por improbidade administrativa. Os procuradores entenderam que atos do ex ministro prejudicaram o combate à pandemia no Brasil, atos como lentidão na compra de vacinas e adoção do "tratamento precoce" por exemplo. A ação ainda pede que Eduardo Pazuello ressarça cerca de R$ 122 milhões aos cofres públicos, valor relacionado ao prejuízo que, segundo entende o MPF, a gestão de Pazuello teria causado ao país. Caberá agora a justiça tomar a decisão de torna - lo ou não réu. 8 Procuradores da república assinam a ação do MPF, estes 8 fizeram uma lista com algumas atitudes que justificam a improbidade administrativa, veja abaixo algumas delas: omissão ...
Ministério da Saúde faz esforços para não perder doses da Janssen que estão perto de vencer

Ministério da Saúde faz esforços para não perder doses da Janssen que estão perto de vencer

Não deixe de Ver, Saúde
Quantidade de quase 3 milhões da vacina será entregue ao Brasil perto do vencimento da validade, que é 27 de Junho. O Brasil receberá nos próximos dias cerca de 2,8 milhões de doses do imunizante da Janssen, com data de validade próximo do limite, para lidar com isso o Ministério da Saúde prepara um mutirão para evitar perder as doses, segundo informações da CNN Brasil. O lote ainda não tem data prevista para chegada e depende da liberação do FDA (A agência reguladora de medicamentos americana) para a exportação remessa que sairá dos EUA. Um contato com o Ministério da Defesa já foi feito para desenvolver uma estratégia para desenvolver acelerar uma campanha de vacinação em massa, conforme afirma alguns integrantes do Ministério da Saúde. Por conta do tempo curto nas datas ...
Marcelo Queiroga fala novamente na CPI da Covid19

Marcelo Queiroga fala novamente na CPI da Covid19

Brasil, Não deixe de Ver, Política
Como a primeira pessoa a ser ouvida pela 2ª vez na CPI da Covid, o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga, fala nesta terça feira (08) a comissão. O Ministro já havia dado depoimento em Maio, porém a versão foi vista como contraditória pelos senadores. Questionamentos como condições sanitárias para o país sediar a Copa América e a suposta influência do "gabinete paralelo" nas decisões go governo durante a pandemia estarão na pauta. "O depoimento do ministro Marcelo Queiroga foi contraditório em diversos aspectos. Um deles diz respeito à afirmação de que, na gestão dele, não há promoção do uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid. Todavia, o ministro, até o presente momento, não revogou a portaria do Ministério da Saúde que prescreve o uso da medicação para este fim, mesmo...