quarta-feira, abril 17Conteúdo Relevante pra Você

Tag: eua

Bolsonaro está em Nova York para a Assembléia Geral da ONU

Bolsonaro está em Nova York para a Assembléia Geral da ONU

Não deixe de Ver, Política, Urgente
O presidente Jair Bolsonaro, desembarcou no último domingo (20) em Nova York, nos EUA, onde discursará na abertura da cerimônia, após a fala no evento o presidente retornará ao Brasil, Bolsonaro encontratá o premiê britânico, Boris Jhonson ainda nesta segunda feira. Segundo informações, um pequeno grupo de manifestantes protestaram contra o o Governo brasileiro em frente ao hotel em que Bolsonaro está hospedado, situação que fez com que o serviço secreto americano orientasse a comitiva presidencial para que entrasse pelos fundos do hotel. Uma outra situação curiosa é destaque na manhã desta segunda feira, uma foto que mostra a comitiva do presidente comendo pizza na calçada retrata uma possível situação de constrangimento em que ele e os demais que os acompanhava passaram na noit...
EUA, Reino Unido e Austrália anunciam novo pacto para conter a China

EUA, Reino Unido e Austrália anunciam novo pacto para conter a China

Mundo, Não deixe de Ver, Urgente
O Pacto de Aukus reúne os Estados Unidos, o Reino Unido e a Austrália para fazer frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico. O acordo, no âmbito da Segurança e Defesa, prevê que Camberra possa construir, pela primeira vez, submarinos com capacidade nuclear, mas também a estreita colaboração das três nações ao nível das capacidades cibernéticas, quânticas e de inteligência artificial. Os analistas consideram o acordo como um dos mais significativos nas áreas de segurança e defesa desde o fim da Segunda Guerra Mundial. O pacto vai permitir à Austrália a construção de submarinos com propulsão nuclear, com o apoio dos aliados, Estados Unidos e Reino Unido. “Estamos investindo na maior fonte de força: as nossas alianças. Estamos nos atualizando para enfrentar, da melh...
Rebeldes resistem em vale no Afeganistão; Talibã forma governo

Rebeldes resistem em vale no Afeganistão; Talibã forma governo

Mundo, Não deixe de Ver, Urgente
As forças do Talibã e combatentes leais ao líder local, Ahmad Massoud, lutavam no Vale do Panjshir, nessa quinta-feira (2), mais de duas semanas após a milícia islâmica tomar o poder. Enquanto isso, os líderes do Talibã na capital Cabul trabalham para formar um governo.  Panjshir é a última província a resistir ao domínio do Talibã, que retomou o controle do país conforme as tropas norte-americanas e de seus aliados se retiravam, depois de 20 anos de conflito iniciados com os ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. Os dois lados disseram ter provocado grandes danos e fatalidades. "Começamos as operações após a negociação com o grupo armado local fracassar", disse o porta-voz do Talibã Zabihullah Mujahid. Guerrilheiros do grupo entraram em Panjshir e toma...
Talibã declara Emirado Islâmico do Afeganistão como nação Livre

Talibã declara Emirado Islâmico do Afeganistão como nação Livre

Mundo, Não deixe de Ver, Urgente
O Talibã já controla o aeroporto de Cabul. O grupo extremista ocupou toda a estrutura assim que terminou a saída dos militares dos Estados Unidos (EUA) e declarou o Emirado Islâmico do Afeganistão como uma nação livre e soberana. Os líderes do movimento caminharam pela pista do aeroporto, num gesto simbólico de vitória. A retirada das forças militares norte-americanas ocorreu por volta da meia-noite, com a saída do último avião C-17 dos Estados Unidos. O momento foi celebrado nas ruas de Cabul com fogo de artifício e disparos de armas. O Aeroporto Hamid Karzai ficou, agora, sem controle de tráfego aéreo. O porta-voz do Talibã admitiu pedir ajuda ao Catar ou à Turquia para repor as necessidades técnicas do aeroporto. “Os últimos soldados americanos saíram do aeroporto de Cabul e nos...
EUA abatem 5 mísseis disparados contra aeroporto de Cabul

EUA abatem 5 mísseis disparados contra aeroporto de Cabul

Mundo, Não deixe de Ver, Urgente
Nas últimas horas, pelo menos cinco mísseis foram lançados contra o aeroporto da capital afegã, tendo sido interceptados por baterias antimísseis dos Estados Unidos (EUA). Até o momento, não houve registro de feridos, e a Casa Branca garantiu que não houve interrupções na evacuação do aeroporto, isso quando faltam menos de 48 horas para a retirada oficial das forças ocidentais do país, após 20 anos de guerra. Os cinco mísseis interceptados pelos EUA tinham a capital do Afeganistão como alvo, sendo que ainda não se sabe ao certo quem ordenou o ataque. Nas derradeiras horas antes do prazo de 31 de agosto para a retirada dos Estados Unidos, esperam-se novos ataques, sobretudo no aeroporto de Cabul, onde milhares de pessoas se concentram na tentativa de abandonar o país. Antes dos mí...