sábado, abril 20Conteúdo Relevante pra Você

Tag: dinheiro

Dólar recua e Ibovespa apresenta alta, apesar da crise chinesa

Dólar recua e Ibovespa apresenta alta, apesar da crise chinesa

Economia, Não deixe de Ver
Apesar da ameaça de impacto global após o anúncio de calote da gigante chinesa do mercado imobiliário e de aquisições Evergrande ontem (20), o dólar fechou em queda na terça (21), em um movimento causado principalmente pela perspectiva de resolução para os precatórios. Após oscilações entre 5,338 (+0,18%) e 5,263 (-1,23%) no decorrer do dia, a moeda norte-americana apresentou queda estável de 0,81%, cotada a R$ 5,28. A queda é a maior desde o último dia 13, quando o dólar fechou em queda de 0,84%. Os mercados de ações dos Estados Unidos terminaram quase estáveis ​​nesta terça-feira, após a ampla liquidação no dia anterior. O banco central norte-americano (FED) realiza reunião de definição de políticas monetárias que deve durar até quarta-feira (22), quando as novas projeções ...
Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

Não deixe de Ver, Pra você
A Caixa Econômica Federal faz hoje (20) o pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família com final 2 do Número de Inscrição Social (NIS). O recebimento do auxílio é realizado da mesma forma e nas mesmas datas do benefício regular do programa social. Para quem recebe por meio da Poupança Social Digital, os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas lotéricas, fazer compras pela internet e pelas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code. O dinheiro ainda podem ser sacado com o Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão nas agências da Caixa, lotéricas ou nos correspond...
Dólar sobe para R$ 5,42, maior nível desde maio

Dólar sobe para R$ 5,42, maior nível desde maio

Economia, Não deixe de Ver
As tensões no mercado financeiro internacional voltaram a dominar as negociações nesta quinta-feira (19), fazendo o dólar ultrapassar a barreira de R$ 5,40 e fechar no nível mais alto desde o início de maio. A bolsa chegou a cair 1,58% durante a manhã, mas recuperou-se ao longo do dia e teve a primeira alta após três dias seguidos de perda. O dólar comercial fechou o dia vendido a R$ 5,423, com alta de R$ 0,048 (+0,89%). A cotação operou em alta durante toda a sessão, chegando a ultrapassar R$ 5,45 no início das negociações. Com a valorização nos últimos dias, a divisa acumula alta de 4,09% apenas em agosto. Em 2021, a alta chega a 4,51%. No mercado de ações, o dia foi marcado pela leve recuperação. Depois de três quedas seguidas, o índice Ibovespa, da B3, fechou aos 117.1...
FMI corta acessos do Afegansitão a recursos

FMI corta acessos do Afegansitão a recursos

Mundo, Não deixe de Ver, Urgente
O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse nesta quarta-feira (18) que o Afeganistão não terá acesso aos recursos da instituição, incluindo uma nova alocação de reservas de Direitos Especiais de Saque, devido à falta de clareza em torno do reconhecimento de seu governo após o Talibã ter assumido o controle de Cabul. "Como sempre acontece, o FMI é guiado pelas opiniões da comunidade internacional", disse um porta-voz do FMI em um comunicado. "Atualmente, há uma falta de clareza na comunidade internacional em relação ao reconhecimento de um governo no Afeganistão, em consequência da qual o país não pode acessar DES ou outros recursos do FMI." Agência Brasil
Confiança do comércio sobe 4,3% em agosto

Confiança do comércio sobe 4,3% em agosto

Brasil, Economia, Não deixe de Ver
O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) de agosto mostrou novo avanço, com o terceiro crescimento consecutivo no ano. Dessa vez, o aumento é de 4,3% na comparação com o mês anterior, alcançando 115 pontos, o que significa que ficou acima da zona considerada de satisfação. No comparativo anual, a alta é de 47,2%. Os números foram divulgados hoje (18) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). De acordo com a entidade, “a alta aparece reforçada pela expectativa de melhoria das vendas do Dia dos Pais e da economia em geral”. A avaliação indicou ainda a continuação da tendência de incremento da confiança dos empresários, após fortes aumentos ocorridos em junho (12,2%) e julho (11,7%). Na visão do presidente da CNC, José Roberto Tadros...