sábado, abril 20Conteúdo Relevante pra Você

Tag: Aulas

Secretários pedem recursos, internet e valorização da educação

Secretários pedem recursos, internet e valorização da educação

Educação, Não deixe de Ver
Reunidos em Brasília, os secretários municipais de Educação destacam como prioridade para o setor a garantia de recursos para as escolas municipais; a oferta de internet para estudantes e professores; o fortalecimento de políticas de valorização dos profissionais da educação e a promoção de busca ativa, a fim de promover o reingresso de estudantes ao processo educacional. Essas e outras ações foram elencadas em uma carta divulgada hoje (17) ao final do 18º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação. Nela, os secretários dizem que, apesar de superações vividas no período da pandemia, “ainda há muito a debater, construir e fortalecer, tendo por premissa o direito à educação de todas as crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, moradores do campo ou da cidade". ...
Creches em São Paulo voltam a atender presencialmente

Creches em São Paulo voltam a atender presencialmente

Educação, Não deixe de Ver
As creches municipais da cidade de São Paulo começaram hoje (8) o atendimento presencial de 100% das crianças matriculadas. Essa mudança vale para creches e unidades escolares com bebês e crianças de até 3 anos.  Antes, as unidades estavam autorizadas a funcionar com 60% da capacidade, sem esquema de revezamento. Cada creche deverá respeitar o distanciamento mínimo de um metro entre um aluno e outro. Devem ser seguidos protocolos sanitários, como medidas de segurança contra covid-19. As escolas devem garantir uso de máscaras, álcool gel e higienização dos ambientes. O retorno presencial é facultativo, ficando a critério dos pais ou responsáveis, mas, segundo a prefeitura, eles devem se comprometer com o desenvolvimento das atividades remotas. Para os estudantes do grupo de r...
Rede estadual do RJ retoma aulas presenciais

Rede estadual do RJ retoma aulas presenciais

Educação, Não deixe de Ver
As aulas presenciais da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro foram autorizadas a retornar a partir da última segunda feira (16) em 76 dos 92 municípios do estado. Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), as escolas devem observar os protocolos sanitários, de acordo com a bandeira de risco para a covid-19 em vigor em cada região do estado. O retorno foi suspenso em 36 municípios na semana passada, devido ao avanço da variante Delta no estado. As orientações para autorizar o funcionamento, acompanhamento e avaliação das unidades de ensino da Rede Estadual e da Rede Privada vinculadas ao Sistema Estadual de Ensino do Rio de Janeiro, foram publicadas na quinta-feira (12), na Resolução Conjunta Seeduc/SES nº 1.569. O normativo mudou as regras permitindo que as esc...
Saúde e Educação elaboram protocolo de retorno seguro às aulas

Saúde e Educação elaboram protocolo de retorno seguro às aulas

Educação, Não deixe de Ver, Urgente
Os ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Educação, Milton Ribeiro, defenderam na última sexta feira (8) o retorno dos estudantes às salas de aula. Os dois anunciaram a preparação de um protocolo de retorno e fizeram, de forma conjunta, um “apelo” a gestores municipais e estaduais para que comecem de imediato a preparação para essa retomada. Segundo o ministro da Saúde, 80% dos professores do ensino básico já receberam a primeira dose da vacina, o que possibilitaria, a partir de agosto, um retorno seguro às aulas. “Temos apoio da Unicef, da Unesco, da OMS e da OCDE [para isso]. Há absoluto consenso de que vacinação não é pré-requisito para o retorno às aulas. Vamos, portanto, criar um protocolo conjunto que será estabelecido por portaria interministerial, estabelecendo as re...
Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia

Quatro em dez alunos pensaram em parar os estudos devido à pandemia

Educação, Não deixe de Ver
Em 2020, com então 15 anos de idade, a estudante do ensino médio Letícia de Araújo Alves Meira teve que tomar uma decisão difícil: considerada uma aluna aplicada, ela resolveu interromper os estudos. Moradora de Valparaíso de Goiás, a cerca de 40 quilômetros de Brasília, a adolescente sentia que não estava assimilando o conteúdo do 2º ano da rede pública de ensino. “Estava achando muito complicado acompanhar [as aulas remotas]. Era atividade atrás de atividade, e poucos encontros [webaulas] para tirar dúvidas. Era desproporcional. E, muitas vezes, só éramos avisados em cima da hora. Tudo isso acabou me desmotivando”, contou Letícia à Agência Brasil. Ao conversar com a família e concluir que, a longo prazo, o melhor seria refazer o 2° ano, Letícia entrou para um grupo que jama...