quarta-feira, fevereiro 1Conteúdo Relevante pra Você

Tag: Economia

Luciano Hang, será ouvido nesta quarta feira (29) na CPI da Covid

Luciano Hang, será ouvido nesta quarta feira (29) na CPI da Covid

Brasil, Não deixe de Ver, Política, Urgente
A partir das 10h da manhã desta quarta feira (29), a CPI da Covid19 ouvirá o empresário, dono das lojas Havan, Luciano Hang. Ele é acusado de pertencer a um grupo de "conselheiros" do presidente Jair Bolsonaro, que ficou conhecido como "gabinete paralelo" em decisões relacionadas à pandemia. O senador Renan Calheiros, apresentou um requerimento que pedia a convocação do empresário, este documento foi aprovado na última quarta feira (22). Pedro Benedito Batista Júnior, que é diretor executivo da Prevent Senior, citou o nome do empresário em seu depoimento, a Sra. Regina Hang, já falecida, mãe de Luciano ficou internada em um dos hospitais da rede, o Sancta Maggiore. A mídia tradicional tem apontado Hang como um forte defensor do chamado tratamento precoce, inclusive um vídeo...
Inadimplência das micro e pequenas empresas cai 0,9% em agosto

Inadimplência das micro e pequenas empresas cai 0,9% em agosto

Economia, Não deixe de Ver
Em agosto, a inadimplência das micro e pequenas empresas teve uma retração de 0,9%, na comparação com o mês anterior. No período, ocorreram 5,33 milhões de negócios desse porte com o nome no vermelho. A informação é da Serasa Experian.  Para o economista da Serasa Experian Luiz Rabi a disponibilização de linhas de crédito para micro e pequenas empresas negociarem suas dívidas, a partir de julho deste ano, impactou favoravelmente no índice. “Os donos de negócios estão em busca de auxílio para lidar com suas pendências financeiras. Por isso, o recuo observado não reflete uma melhora para as empresas, mas sim um alívio temporário, já que os empreendedores ainda devem encontrar muitos desafios diante ao quadro econômico do país", disse Rabi. Setores Considerando-se os negócios ...
Dólar recua e Ibovespa apresenta alta, apesar da crise chinesa

Dólar recua e Ibovespa apresenta alta, apesar da crise chinesa

Economia, Não deixe de Ver
Apesar da ameaça de impacto global após o anúncio de calote da gigante chinesa do mercado imobiliário e de aquisições Evergrande ontem (20), o dólar fechou em queda na terça (21), em um movimento causado principalmente pela perspectiva de resolução para os precatórios. Após oscilações entre 5,338 (+0,18%) e 5,263 (-1,23%) no decorrer do dia, a moeda norte-americana apresentou queda estável de 0,81%, cotada a R$ 5,28. A queda é a maior desde o último dia 13, quando o dólar fechou em queda de 0,84%. Os mercados de ações dos Estados Unidos terminaram quase estáveis ​​nesta terça-feira, após a ampla liquidação no dia anterior. O banco central norte-americano (FED) realiza reunião de definição de políticas monetárias que deve durar até quarta-feira (22), quando as novas projeções ...
Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

Não deixe de Ver, Pra você
A Caixa Econômica Federal faz hoje (20) o pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família com final 2 do Número de Inscrição Social (NIS). O recebimento do auxílio é realizado da mesma forma e nas mesmas datas do benefício regular do programa social. Para quem recebe por meio da Poupança Social Digital, os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas lotéricas, fazer compras pela internet e pelas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code. O dinheiro ainda podem ser sacado com o Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão nas agências da Caixa, lotéricas ou nos correspond...
Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais

Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais

Economia, Não deixe de Ver, Urgente
O governo encaminhou ao Congresso um projeto de lei que reduz incentivos e benefícios tributários de setores da economia. A Secretaria-Geral da Presidência informou hoje (16) que a medida é fruto do compromisso firmado entre o Legislativo e o Executivo para possibilitar o pagamento do auxílio emergencial em 2021, benefício que atende a população mais vulnerável durante a pandemia de covid-19. A Emenda Constitucional nº 109/2021, que permitiu o auxílio este ano, concedeu seis meses para o governo propor uma redução de benefícios tributários, além de outras medidas fiscais para abertura de espaço no orçamento. De acordo com a Presidência, o Plano de Redução Gradual de Incentivos e Benefícios Fiscais visa a adequação dos benefícios tributários ao Produto Interno Bruto (PIB, soma...